A empresa privada espacial de Elon Musk,  voltou á acção e publicou vídeos e fotografias do último lançamento ocorrido no Sábado (14 de Janeiro), foi um autêntico sucesso e algo de magnífico assistir o Falcon 9 aterrar na plataforma (ver Vídeo).

Maus momentos passaram-se desda da última explosão ocorrida no Falcon 9 em Cabo Canaveral, que levava como a carga um satélite Israelita,  muitas investigações decorreram desde Setembro,  durante este período não houve lançamentos pelo que permitiu uma investigação exaustiva,  o problema foi um tanque de Hélio,  dado como problema resolvido,  a empresa volta ao seu objetivo principal,  lançar cargas através do Falcon 9. E assim o pássaro de aço volta aos céus.

O Foguetão levava como carga dez satélites de comunicações Iridium Next,  estes são os 10 dos 95 satélites que compõem um aglomerado, serão responsáveis pelas comunicações, os restantes 85 serão lançados nos próximos lançamento com qualidade segurada da SpaceX que fará parte da História com o maior contrato comercial de foguetões.

Assim está dado um passo muito importante na conquista espacial, SpaceX ambiciona na próxima década viagens a marte com novas motores de foguetões que iram permitir viagens de ida e volta em 60 dias,  com os foguetões reutilizáveis vão permitir custos mais baixos para exploração espacial.