A apresentação do predecessor do Redmi Note 4, um dos top vendas da marca no ano 2017, estará para breve, agora que o Órgão de Certificação Chinês publicou algumas especificações.

E a Xiaomi faz alguns melhoramentos, enquanto o Redmi Note 4 tem um Snapdragon 625, este já virá com Snapdragon 636, em relação à memória RAM e armazenamento não mudará sendo 4GB/64GB.

Xiaomi apostará também no tamanho, sendo que o novo modelo terá 5.99 polegadas.

A bateria será de 4100 mah, o mesmo que a versão anterior, no entanto o Redmi 5 Plus terá suporte para recarga rápida, isto devido a um carregador de 18 W.

A interface do aparelho muito provavelmente será a Miui 9, só faltará saber se inicialmente com o Android Nougat ou o Android Oreo.

E segundo o órgão de certificação chinês, a empresa também se prepara para fazer um lançamento de uma versão mais barata do Redmi Note 5, mas esta versão virá equipado com Snapdragon 630,

3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento.

O preço da versão com o Snapdragon 630 será 1.499 yuanes que será aproximadamente 192 euros, enquanto que a versão mais poderosa custará em príncipio 1.799 yuanes, mais ou menos como 230 euros.

Acredita-se que estes dois equipamentos poderão ser apresentados já no próximo mês no MWC, que terá como cabeça de cartaz da Xiaomi o Mi 7 a qual se tem muita expectativa.

Fonte: TecMundo