O processador Snapdragon 865 já não é primeira opção para algumas marcas 1

O processador Snapdragon 865 já não é primeira opção para algumas marcas

A decisão da Qualcomm ter criado o ChipSet Snapdragon 865 com o modem X55 5G obrigou num aumento de preço e por essa razão algumas marcas não quererem usar o Processador nos seus smartphones de topo.

Bom exemplo disso mesmo é a Google, foi descoberto à pouco tempo que o suposto flagship da marca afinal vai ter um Snapdragon 765G, resumidamente vai ser um intermediário, pode ver o artigo aqui.

Outro destaque vai para a Nokia da HMD Global, que parece querer evitar para já o ChipSet mais poderoso da Qualcomm e apostar no ChipSet  intermediário, o Snapdragon 765G.

O processador Snapdragon 865 já não é primeira opção para algumas marcas 2

Fala-se também que a LG depois de apostar no LG V60 ThinQ 5G, não irá trazer mais nenhum modelo com o Snapdragon 865, isto significa que não veremos o LG G9 como um topo de gama.

Infelizmente já existem alguns smartphones com valores bem altos com o ChipSet da Qualcomm, um dos exemplos é o Sony Xperia 1 II que vai estar a um valor de 1,199€ na Europa.

Mesmo a Realme acabou por ser obrigada a aumentar um pouco o preço no Realme X50 5G quando comparado com o Realme X2 Pro.

Recentemente a Redmi lançou o Redmi K30 Pro e é agora o smartphone mais barato atualmente com Snapdragon 865, mas teve que fazer alguns cortes para que este ficasse a um preço apetecível.

Desde a integração do 5G, que houve um aumento considerável de preços nos smartphones e a maioria dos países não conseguem ainda dar uso ao 5G.

 

Fonte: ArsTechnica

 

Deixe um comentário

Posts Interessantes